Concurso Sejusp MG para agente socioeducativo já escolhe ban… – Folha Dirigida

Os preparativos do novo concurso para agentes socioeducativos de Minas Gerais entram na reta final. Em resposta à Folha Dirigida nesta segunda-feira, 23, a Secretaria de Justiça e Segurança Pública do Estado (Sejusp MG) confirmou que a carteira organizadora já foi selecionada. 
O nome da instituição, no entanto, só será divulgado após a assinatura do contrato para a prestação de serviços. A carteira organizadora será responsável por receber as inscrições do concurso, viabilizar e empregar as etapas, uma vez que provas objetivas. 
“A empresa organizadora do Concurso Público para o incumbência de Agente Socioeducativo já foi selecionada, de tratado com a melhor técnica e preço, pela Comissão de Concurso.  Somente após a publicação do contrato podemos declarar quais é a empresa organizadora”, consta em nota enviada pela Secretaria. 
Ainda não há um prazo definido para publicação do edital. A oferta do concurso Sejusp MG será de 270 vagas de agente socioeducativo, em caráter efetivo.
O incumbência tem uma vez que requisito o ensino médio completo. As remunerações iniciais são de R$4.098,45. 
Em transmissão ao vivo nas redes sociais, o secretário de Justiça e Segurança Pública, Rogério Greco, informou que os trâmites do concurso estavam atrasados. Porém, em função de mudanças internas na pasta, os preparativos voltaram a avançar. 
"Agora já está no eixo e, em breve, teremos o concurso para agente socioeducativo e o processo seletivo simplificado para socioeducativo". 
Os agentes socioeducativos têm as seguintes atribuições: treinar atividades de vigilância e escolta nos estabelecimentos da Subsecretaria de Atendimento às Medidas Socioeducativas – SUASE -, zelando pela integridade física, mental e emocional dos adolescentes em regime de internação e semi-liberdade.
Além de prometer a integridade do patrimônio e a segurança dos servidores em exercício nas unidades de atendimento; confirmar o cumprimento das medidas socioeducativas; atuar uma vez que orientador no processo de reinserção social do juvenil em conflito com a lei.
Leia também: Sejusp MG abrirá 3.506 vagas para agente penitenciário temporário
Em entrevista em 2021, a superintendente Educacional de Segurança Pública do Estado, Roberta Corrêa, informou que a estrutura do concurso para agente socioeducativo será muito próxima a da seleção para Polícia Penal, ocasião no ano pretérito. 
“É um concurso muito similar ao da Polícia Penal, com as mesmas etapas e o requisito: nível médio”, destacou.
O concurso Polícia Penal MG, por sua vez, é formado por seis etapas: 
Há nove anos, ocorreu o último concurso para ingresso uma vez que agente socioeducativo de Minas Gerais. O edital trouxe a oferta de 820 vagas, com suplente para pessoas com deficiência. 
Na época, os salários eram de R$2.655 para jornada de 40 horas por semana. A jornada de trabalho poderia ser desempenhada em regime de plantão, incluindo o período noturno, sábados, domingos e feriados.
Com organização do Instituto Brasílico de Formação e Capacitação (IBFC), os candidatos foram avaliados por prova objetiva e redação; prova de condicionamento físico por testes específicos.
Assim uma vez que examinação psicológico; comprovação de idoneidade e conduta ilibada; exames médicos; curso de formação técnico-profissional. 
Na prova objetiva, por exemplo, foram cobradas questões sobre as disciplinas de: Português, Raciocínio Lógico, Noções de Recta e Conhecimentos Específicos.

source