Não recebeu o saque inesperado do FGTS? Aprenda a solicitar o moeda

A Caixa Econômica Federal liberou no dia 15 de junho o último lote do saque inesperado do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). É de até milénio reais. O moeda ficará disponível para movimentação até o dia 15 de dezembro. Logo se você ainda não recebeu, veja o que fazer.

Leia mais: FGTS: último saque extraordinário de até R$ 1.000 é liberado; veja quem recebe

O último lote foi pago aos trabalhadores nascidos em dezembro.

De convénio com as regras de liberação, toda pessoa com conta no FGTS que tenha saldo disponível, tem recta ao recebimento de até milénio reais. O valor foi liberado de forma automática na conta do Caixa Tem.

.ads_conteudo_top {
width: 300px;
height: 250px;
}
@media (min-width: 350px) {
.ads_conteudo_top {
width: 100%;
height: 280px;
text-align: center;
margin-bottom: 10px;
}
}
@media (min-width: 500px) {
.ads_conteudo_top {
width: 100%;
height: 280px;
}
}
.ads_conteudo_top22 {
margin-right: 10px;
margin-bottom: 10px;
max-width: 100%;
margin: auto;
height: 336px;
}


//

Ainda não recebeu o saque inesperado? Saiba o que fazer

Segundo as informações dadas pela Caixa Econômica, quem não recebeu o saque inesperado de forma automática deve entrar com um pedido de liberação do moeda.

Os motivos principais de bloqueio são a existência de dados inconsistentes, assim uma vez que o comprometimento do moeda com operações de crédito, uma vez que é o caso da antecipação do saque natalício.

Outros casos envolvem formalidade judicial ou até mesmo o pedido de reembolso de valor retraído pelo empregador. Qualquer que seja a razão, o trabalhador tem recta à informação do motivo da não liberação.

Por isso a principal forma de consulta é pelo site da Caixa, mas também dá notório por meio do aplicativo FGTS. Quem deseja o atendimento presencial pode comparecer a alguma sucursal do banco. É importante estar com todos os dados atualizados para prometer o saque do valor.

.ads_conteudo_top {
width: 300px;
height: 250px;
}
@media (min-width: 350px) {
.ads_conteudo_top {
width: 100%;
height: 280px;
text-align: center;
margin-bottom: 10px;
}
}
@media (min-width: 500px) {
.ads_conteudo_top {
width: 100%;
height: 280px;
}
}
.ads_conteudo_top22 {
margin-right: 10px;
margin-bottom: 10px;
max-width: 100%;
margin: auto;
height: 336px;
}


//

Vale lembrar que o trabalhador não é obrigado a usar o moeda e que, nesse caso, ele irá retornar para o FGTS em seguida o dia 15 de dezembro. Por outro lado, quem deseja movimentar o saque inesperado pode remunerar contas e boletos, usar o cartão de débito virtual, QR Code ou até mesmo transferir para outras contas bancárias.

Confira o passo a passo para solicitar o moeda por meio do aplicativo FGTS:

  • Acesse o aplicativo do FGTS;
  • Vá na opção “Solicitar saque”;
  • Clique em “Confirmar” para furar uma conta poupança social da Caixa;
  • Irá romper a mensagem: “A Caixa irá processar a solicitação. Caso esteja tudo notório, o valor será creditado em sua conta”.

Depois de pedir, basta seguir a conta para ver se, de indumentária, o valor do saque inesperado foi liberado.

O post Não recebeu o saque extraordinário do FGTS? Aprenda a solicitar o dinheiro apareceu primeiro em Edital Concursos Brasil.