Pagamento extra do auxílio emergencial: quais os requisitos para receber?

Auxílio Emergencial

Os pagamentos do auxílio emergencial foram encerrados em outubro de 2021, porém, resquícios de pagamentos feitos de maneira incompleta resultaram na liberação de novas parcelas do mercê em 2022, no chamado “auxílio emergencial retroativo”. Os valores podem chegar a R$ 3 milénio.

Leia mais: Auxílio emergencial de R$ 1.800 é liberado para ESTE público

O público de beneficiados, segundo informações do Ministério da Cidadania, pode chegar a 1,2 milhão de pessoas. Ao grupo está sendo distribuído o montante de R$ 2,8 bilhões. Mas, enfim, quem pode receber o auxílio emergencial retroativo? Veja aquém!

.ads_conteudo_top {
width: 300px;
height: 250px;
}
@media (min-width: 350px) {
.ads_conteudo_top {
width: 100%;
height: 280px;
text-align: center;
margin-bottom: 10px;
}
}
@media (min-width: 500px) {
.ads_conteudo_top {
width: 100%;
height: 280px;
}
}
.ads_conteudo_top22 {
margin-right: 10px;
margin-bottom: 10px;
max-width: 100%;
margin: auto;
height: 336px;
}


//

Quem pode receber o auxílio emergencial retardado?

Têm recta ao mercê os pais solteiros chefes de família monoparental, sem companheira ou consorte que receberam unicamente a prestação simples do auxílio emergencial entre os meses de abril e agosto de 2020. O valor foi de R$ 600.

Na ocasião, unicamente as mães solo nessa mesma quesito tiveram chegada à prestação dupla do programa, que pagava o saldo de R$ 1,2 milénio. Com a derrubada do veto que impedia o pagamento em duplo também aos homens com filhos menores de idade, feita pela Congresso, o governo precisou realizar os repasses dos atrasados também aos pais.

Sendo assim, a novidade parcela do auxílio emergencial não se trata de uma prorrogação do programa solene, mas unicamente uma indemnização aos pais solo.

.ads_conteudo_top {
width: 300px;
height: 250px;
}
@media (min-width: 350px) {
.ads_conteudo_top {
width: 100%;
height: 280px;
text-align: center;
margin-bottom: 10px;
}
}
@media (min-width: 500px) {
.ads_conteudo_top {
width: 100%;
height: 280px;
}
}
.ads_conteudo_top22 {
margin-right: 10px;
margin-bottom: 10px;
max-width: 100%;
margin: auto;
height: 336px;
}


//

Qual o valor do auxílio emergencial retroativo?

O valor retroativo é pago em parcela única e varia de concordância com a quantidade de parcelas recebidas pelo homens chefes de família entre os meses de abril e agosto de 2020. O número supremo é cinco, que equivale a R$ 3 milénio, e o mínimo é um, no valor de R$ 600.

Nesse sentido, tem-se a seguinte tábua de pagamentos:

  • Quem recebeu a partir de abril: R$ 3 milénio;
  • Quem recebeu a partir de maio: R$ 2,4 milénio;
  • Quem recebeu a partir de junho: R$ 1,8 milénio;
  • Quem recebeu a partir de julho: R$ 1,2 milénio
  • Quem recebeu a partir de agosto: R$ 600.

Porquê consultar para saber se tem recta ao mercê?

Para saber se cumpriu os devidos requisitos e se tem recta ao quantia, o varão deve acessar o site de consulta do auxílio emergencial, desenvolvido pela Dataprev. Para o chegada é preciso entrar com uma conta Gov.br.

O post Pagamento extra do auxílio emergencial: quais os requisitos para receber? apareceu primeiro em Edital Concursos Brasil.