Teto do ICMS deixará combustível mais barato? Entenda o que muda com aprovação

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 18/22 estabelece um teto de 17% para a cobrança do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre os combustíveis e sobre a virilidade.

O texto ficou sabido uma vez que Teto do ICMS para combustíveis e foi apresentado nesta semana em pleno Senado. Espera-se que seja realizada a votação na segunda-feira. O objetivo é conseguir diminuir o preço dos combustíveis no Brasil alterando a fardo de tributos sobre o resultado.

Veja também: 4 itens que fazem bastante falta no carro do motorista brasileiro

Porquê funciona o Teto do ICMS para combustíveis?

O projeto do Teto do ICMS para combustíveis apresentado no Senado e bravo pelo governo federalista visa repor a queda na arrecadação se ela ultrapassar os 5%. Assim, o valor dos impostos seria alquebrado pela reposição da amortização de dívidas dos estados para a União. O problema é que existem estados que não estão em dívida com a Federação.

.ads_conteudo_top {
width: 300px;
height: 250px;
}
@media (min-width: 350px) {
.ads_conteudo_top {
width: 100%;
height: 280px;
text-align: center;
margin-bottom: 10px;
}
}
@media (min-width: 500px) {
.ads_conteudo_top {
width: 100%;
height: 280px;
}
}
.ads_conteudo_top22 {
margin-right: 10px;
margin-bottom: 10px;
max-width: 100%;
margin: auto;
height: 336px;
}


//

“Tem dois mecanismos para ressarcir os estados que não têm dívida com a União. O primeiro caminho é vinculando a receita que cabe à União da Ressarcimento Financeira pela Exploração Mineral (CFEM). Poderia fazer a vinculação direta para ressarcir esses cinco estados. A estimativa de perda desses estados, se eles vierem a perder, alcança de R$ 3 bilhões”, disse o relator do texto, senador Fernando Bezerra (MDB-PE).

“O segundo mecanismo é que os estados teriam prioridade no aproximação à contratação de financiamentos neste segundo semestre, para que possam ter recursos para bancar investimentos e, com isso serenar, o seu caixa”, pontuou. As informações foram divulgadas também pelo Correio Braziliense.

Teto do ICMS para combustíveis: o que muda para o consumidor final?

Primeiramente, entenda que a arrecadação de impostos pelos estados será a mais afetada caso o PLP seja ratificado. Porém, existe uma subida crédito de que o preço dos combustíveis caia para os consumidores.

.ads_conteudo_top {
width: 300px;
height: 250px;
}
@media (min-width: 350px) {
.ads_conteudo_top {
width: 100%;
height: 280px;
text-align: center;
margin-bottom: 10px;
}
}
@media (min-width: 500px) {
.ads_conteudo_top {
width: 100%;
height: 280px;
}
}
.ads_conteudo_top22 {
margin-right: 10px;
margin-bottom: 10px;
max-width: 100%;
margin: auto;
height: 336px;
}


//

Pelo menos, alguns especialistas acreditam que o valor deixará de subir sem precedentes. Porém, tudo também depende de fatores externos ao Brasil, uma vez que preço do petróleo e a valorização do dólar.

 Vale evidenciar que em alguns estados, uma vez que São Paulo, o imposto é reduzido e o efeito do Teto do ICMS para combustíveis seria quase nulo. Isso se aplica a outras regiões do país. 

O post Teto do ICMS deixará combustível mais barato? Entenda o que muda com aprovação apareceu primeiro em Edital Concursos Brasil.